Telmo: Quando sentir-se desenquadrado se torna recorrente | Eu Dou a Cara

Uma desmotivação extrema que não permite sair da cama.

Telmo sentia-se recorrentemente desenquadrado. Tinha dificuldade em criar ligações, sentia-se à parte, tinha sempre a sensação de que as pessoas à sua volta estavam contra si. Percebia que era diferente, percebia que não era fácil comunicar o que pensava e, aos poucos, começou a perceber que havia espaço para se ajudar e comunicar melhor quem era e o que sentia. Quando percebeu que a vontade de estar na cama era cada vez mais e a vontade de interagir com outros cada vez menos, percebeu também que precisava de ajuda.

Sozinho não estava a conseguir gerir as suas emoções. E a verdade é que Telmo queria vencer os seus bloqueios. Procurou ajuda psicoterapêutica e, com uma força inabalável, conseguiu desapegar-se da “bagagem” que o limitava. Porque as perturbações emocionais são muitas vezes isto, bagagem que se arrasta e dificulta que sigamos em frente.

O Telmo não deixou de ser quem é, de acreditar no que acredita, mas, ao longo do processo de recuperação, abriu uma via de comunicação com todos os que o rodeavam e foi capaz de olhar para as interações sociais com outros olhos. Hoje dá a cara por uma causa tão importante: cuidar da Saúde Mental.

psicoterapia-novelo

A Psicoterapia HBM é utilizada no tratamento de perturbações emocionais tais como a Depressão, a Ansiedade e os Ataques de Pânico. Saiba como funciona, em que consiste e de que forma se distingue de tratamentos convencionais.

 

Sabia que existem sintomas físicos que podem provocar Fobia Social intensa? A timidez está muitas vezes associada a alguns sintomas físicos. O Dr. Pedro Brás esteve no ‘Consultório’ do Porto Canal a falar sobre o assunto.

1 em cada 4 pessoas sofre, ou já sofreu, de perturbações emocionais. Contudo, raramente partilham a sua história. O estigma é ainda gigantesco e por isso nasceu este projeto. Convidamos todos aqueles que superaram uma perturbação emocional a contar a sua história. A Dar a Cara.

Comentários