PSICOTERAPIA HBM

O que é?

A Psicoterapia HBM é um método que utiliza técnicas psicológicas para mudar comportamentos, sentimentos ou pensamentos que afetam o nosso equilíbrio emocional. A Psicoterapia HBM é um tratamento que se tem mostrado muito eficaz e que permite tratar perturbações emocionais, como a Depressão, a Ansiedade e os Ataques de Pânico, sem medicação. 

Quando nos encontramos num estado de desequilíbrio emocional, na sua origem estão emoções negativas e experiências traumáticas. A solução mais eficaz para ultrapassar estas perturbações é através da gestão emocional profunda destes eventos.

O que é a Psicoterapia HBM?

Que técnicas utiliza?

Tal como o nome indica – HBM significa Human Behavior Map – o Modelo Psicoterapêutico HBM compreende que o funcionamento da mente humana está assente em padrões de comportamento. Este modelo de compreensão psicológica baseia-se num  Mapa da Mente que descreve esses padrões. O mapa é utilizado para que se possam encontrar as causas e origens dos problemas emocionais que condicionam as pessoas no seu dia-a-dia e que prejudicam a sua felicidade e bem-estar.

Os psicoterapeutas trabalham com os pacientes de forma a promover as mudanças necessárias a uma verdadeira recuperação emocional, aumentando o seu nível de assertividade, autonomia e confiança no futuro. Para isso utilizam as técnicas de Morfese e Athenese, baseadas na Hipnose Clínica e na Programação Neurolinguística, que são técnicas psicológicas validadas cientificamente, para uma intervenção mental mais rápida e assertiva. A Psicoterapia é regulada pela Sociedade Portuguesa de Psicoterapia HBM (SPP HBM).

Como é que a psicoterapia hbm pode ajudar?

Como é que a psicoterapia hbm pode ajudar?

Com recurso ao Modelo Psicoterapêutico HBM, num processo de tratamento cuidadosamente estruturado, a pessoa consegue entender os comportamentos, emoções e pensamentos que a tornam ansiosa e/ou deprimida e, acima de tudo, ultrapassar o que a perturba encontrando o que a faz feliz.

O grande objetivo da Psicoterapia é ajudar a reencontrar o equilíbrio emocional e, para isso, este método de tratamento ajuda a pessoa a:

das questões do passado que ainda hoje condicionam o seu dia-a-dia;

a bloquear estados perturbadores como de medo ou de angústia;

para se adaptar a novos desafios e experiências;

e a qualidade das suas relações interpessoais, tornando-se mais assertivo e empático;

e da sua paz interior.

O que distingue Psicoterapia, Psicologia e Psiquiatria?

“Psicoterapia” é uma palavra com origem no Grego antigo. Psyche significa “mente” e therapeuein significa “curar”. 

O que é?

A Psicoterapia é uma disciplina científica independente, que utiliza métodos de tratamento de curta, média ou longa duração, que atua em perturbações emocionais e psicológicas – como a Depressão, a Ansiedade e os Ataques de Pânico – e em processos de desenvolvimento pessoal. É assente em modelos de intervenção prática no comportamento humano que, por norma, recorrem aos processos mentais para intervir. A Psicoterapia utiliza os processos psicológicos dos pacientes como ferramentas para o processo de recuperação e alívio do sofrimento psicológico.

Quem pode exercer Psicoterapia?

O psicoterapeuta é um profissional que se submeteu a formação avançada em psicoterapia, com claros critérios de qualidade, dentro do paradigma científico vigente.

A formação em psicoterapia é adquirida entre pares que se organizam em sociedades científicas representativas de determinados modelos terapêuticos. É muito frequente existirem programas de formação que ultrapassam os 4 anos de aprendizagem.

Há diferentes modelos psicoterapêuticos e inúmeras ferramentas que podem ser utilizadas, sendo que os programas de formação também variam entre si em número de horas teórico-práticas e de supervisão. A formação e o exercício prático em psicoterapia são reguladas pelas próprias sociedades científicas de cada modelo. 

Apesar de uma grande parte dos psicoterapeutas serem psicólogos ou médicos, a Psicoterapia não é regulada, nem supervisionada, por entidades oficiais da Medicina ou da Psicologia, como a Ordem dos Psicólogos Portugueses ou a Ordem dos Médicos. 

“Psicologia” é uma palavra com origem no Grego antigo. Psyche significa “mente” e logos significa “conhecimento ou estudo”.

O que é?

É uma disciplina académica que estuda o comportamento humano nas suas mais variadas correntes teóricas, para a compreensão dos fenómenos mentais e do comportamento humanos, de grupos e indivíduos. A sua atuação e abordagem terapêutica alicerçam-se no apoio e aconselhamento psicológico, utilizando testes de avaliação psicológica e estudando e aplicando escalas que procuram compreender os processos mentais.

O psicólogo estuda e compreende o comportamento individual e em sociedade, considerando as funções cognitivas, fisiológicas, biológicas.

Quem pode exercer Psicologia?

O psicólogo é um profissional licenciado em Psicologia, inscrito da Ordem dos Psicólogos Portugueses, a entidade que regula o exercício da Psicologia Clínica e da Saúde, da Psicologia da Educação e da Psicologia do Trabalho.

“Psiquiatria” é uma palavra com origem no Grego antigo. Psyche significa “mente” e Iatrós significa “médico”.

O que é?

É uma especialidade clínica da área da medicina e uma ciência que se dedica ao estudo e ao tratamento das doenças mentais. A intervenção psiquiátrica, apesar de muitas vezes usar técnicas psicoterapêuticas, fundamenta-se na intervenção das psicopatologias em estados sintomáticos, através de psicofármacos.

Quem pode exercer Psiquiatria?

Um Psiquiatra é um profissional licenciado em medicina especialista em psiquiatria, inscrito na Ordem dos Médicos. 

MAIS SOBRE PSICOTERAPIA HBM