Susana: Uma obsessão por mulheres que se tornou uma agressão | Eu Dou a Cara

Um sentimento deturpado pela obsessão.

Susana tinha a necessidade de ter mulheres fortes ao seu redor. Isto deu origem a comportamentos obsessivos. Só se sentia em paz na presença de outras mulheres e nunca soube lidar com a rejeição. Hoje em dia admite que foi uma “agressão psicológica” na vida destas pessoas.

Durante muitos anos achou que estes comportamentos excessivos faziam parte da sua personalidade. Susana nunca acreditou que se pudesse tratar de um distúrbio psicológico. Até que um dia decidiu procurar ajuda profissional e lhe foi diagnosticada uma Perturbação Obsessiva Compulsiva.

Pediu ajuda ao programa ‘A Tarde é Sua’ e em abril de 2019 a Clínica da Mente entrou na vida da Susana. Foi graças à sua coragem em assumir que não estava bem que hoje pode dizer com toda a certeza que vive feliz e em paz. Este é um caso que demonstra o quanto é importante não desistir de si, o quanto é importante quebrar o estigma que existe perante a Saúde Mental. Hoje a Susana já não precisa de se apoiar em mulheres fortes, ela é a sua força! 

susana-tarde-e-sua-poc

Susana foi diagnosticada com Perturbação Obsessiva Compulsiva. Um dos sintomas mais claros era a sua obsessão por mulheres fortes. O Psicoterapeuta Pedro Brás esteve com Susana no programa ‘A Tarde é Sua’ e explica-lhe em que consiste esta perturbação.

A Perturbação Obsessiva Compulsiva (POC) é caracterizada por obsessões recorrentes (pensamentos indesejados e incontroláveis) e comportamentos repetidos de forma compulsiva.  Veja aqui quais os principais sintomas, causas e tratamento.

1 em cada 4 pessoas sofre, ou já sofreu, de perturbações emocionais. Contudo, raramente partilham a sua história. O estigma é ainda gigantesco e por isso nasceu este projeto. Convidamos todos aqueles que superaram uma perturbação emocional a contar a sua história. A Dar a Cara.

Comentários