Luto: a dor da perda que nos faz não ter vontade de viver! | RTP1

A propósito do “Dia de Todos os Santos” e do “Dia dos Finados”, época delicada para quem já sofreu a dor da perda, o Dr. Pedro Brás esteve na ‘Praça da Alegria’ da RTP1 a explicar o processo de luto e o porquê de algumas pessoas ficarem presas nele. Na sua companhia, esteve a Dª Augusta Silva que sofria há 9 anos com a perda do pai e da mãe. Assista o vídeo e veja como é possível sair da dor e voltar a viver!

Praça da Alegria | RTP1

O que é o Luto?

O Luto é um processo emocional que serve para aceitarmos e ultrapassarmos uma perda. Cada pessoa vive o uto de uma forma diferente, no entanto, é certo que quanto maior o apego e afinidade à pessoa perdida, maior o sofrimento durante o luto. 

Fases do Luto

1º –  Negação
Fase do choque. Não conseguimos aceitar a perda, não acreditamos.

2º – Raiva
Sentimento de enorme injustiça. Direccionamos a raiva para os que nos rodeiam ou para nós próprios acabando, muitas vezes, por nos culpabilizarmos. 

3º  – Negociação
Compreensão sobre a perda. Percebemos que a raiva não vai mudar o evento traumático. Começamos a adquirir alguma paz interior o que nos permite negociar estratégias, connosco próprios, de modo a ultrapassar o evento traumático.

4º –  Depressão
Sentimento de tristeza e desesperança. Temos consciência da perda e do não retorno.

5º – Aceitação
Compreendemos a morte e aceitamo-la. Mudamos a perspectiva do evento de perda, começamos a olhar para a vida e não para a perda.

Fazemos luto apenas quando morre alguém?

Fazemos o luto pela morte de uma pessoas querida mas também por animais ou até mesmo a perda de um objeto. O luto também se faz sentir no fim de um relacionamento, seja ele amoroso ou de amizade. 

Quando é que o Luto se torna patológico?

Falamos em luto patológico quando não conseguimos ultrapassar qualquer uma das 4  fases perturbadoras. A fase da Depressão é a mais frequente.

Qual é o tempo necessário para ultrapassar o luto?

Todas as pessoas tem o seu tempo. Só se deve considerar que o luto é patológico quando as próprias pessoas ficam condicionadas no seu dia-a-dia pelo sentimento de tristeza e angústia que as bloqueia. 

Porque não conseguimos ultrapassar o Luto?

Ficamos presos ao processo de luto quando não conseguimos gerir a sensação de perda. Algumas das razões mais comuns para não ultrapassarmos o luto, são:

                1º – Sentimento de culpa

                2º – Palavras que ficaram por dizer

                3º – Não compreendemos o motivo da perda

                4º – As imagens da perda foram traumáticas

Como se sai do processo de Luto?

O tempo ajuda, o apoio da família e amigos também, no entanto há pessoas que não conseguem desbloquear o sentimento que as prende à perda. A Psicoterapia HBM aplica técnicas que permite que as pessoas se libertem do evento traumático e voltem a viver a sua vida com normalidade.

Comentários