Quem é Pedro Brás?

Os nossos pacientes colocam-nos muitas perguntas, e por vezes até nos surpreendem com a sua curiosidade. Resolvemos compilar essas questões e colocá-las ao próprio Dr. Pedro Brás. O resultado foi a conversa interessante que publicamos nesta rubrica.

 Dr. Pedro Brás, psicoterapeuta, nasceu a 10 de fevereiro de 1976, no Barreiro, mas passou toda a sua infância e juventude em Cinfães. Formou-se em Ciências Sociais e Económicas e nunca foi empregado de ninguém, como afirma com orgulho. Desde os 17 anos dedicou-se a inúmeros projetos empresariais tendo tido, ao longo dos anos, mais de 1.000 colaboradores nas suas diversas empresas. Casado, pai de 2 filhos, sempre se interessou pelos fenómenos na mente humana e há 10 anos criou a Clínica da Mente, cuja missão é a mudança do paradigma da Saúde Mental.

Como é que alguém que não é licenciado em Psicologia cria uma Clínica da Psicologia e Psicoterapia?

Foi a consequência de um caminho que fiz na minha vida e que culminou na Psicoterapia. Desde os 12 anos que me interesso pelos fenómenos na mente, em perceber o que era a mente, como pensávamos e como fazíamos as nossas escolhas. Começou quando, aos 12 anos, um amigo me deu um livro que falava sobre a Hipnose, sobre o comportamento humano e o magnetismo que os seres humanos têm sobre os outros. Fiquei fascinado pelo comportamento humano. A partir daí, tornou-se um grande objetivo meu compreender a mente humana, a Hipnose e a Programação Neurolinguística (PNL). Lembro-me que, nesse livro, o autor dizia que, com a hipnose, poder-se-ia ajudar pessoas com Depressão. Nessa altura, a minha avó estava um pouco depressiva, e pensei em falar com o padre da aldeia, que fazia espetáculos de hipnose, para ajudar a minha avó, infelizmente, não tive coragem… provavelmente o padre não o saberia fazer.

Só 10 anos mais tarde, com a chegada da Internet, foi possível ter acesso a mais informação sobre a Hipnose e a PNL. Assim, no início da minha vida adulta, pude evoluir nestes estudos, tirando inúmeros cursos de hipnose e PNL, lendo muito sobre estes temas, ao mesmo tempo que desenvolvia a minha atividade empresarial em áreas muito distintas da psicoterapia.

Para explorar os conhecimentos que ia adquirindo, comecei a fazer sessões de hipnose a pessoas que conhecia apenas como curiosidade para mim e para elas. Passado uns tempos, os amigos dos amigos pediam-me para fazer também com eles, e desde cedo comecei a ter sucesso, mas era um sucesso de que eu não estava à espera. As pessoas sentiam-se bem com as sessões que eu fazia com elas, e eu percebi que, com a minha ajuda, as pessoas deixavam de sentir os medos e as angústias que sentiam antes.

Rapidamente, tinha uma lista de espera de vários meses para as minhas sessões “terapêuticas”, e gostei tanto do que fazia que me dediquei a 100% a esta nova atividade: Ajudar pessoas nas suas dificuldades emocionais. Utilizava as técnicas psicoterapêuticas que apreendia com muitos autores e terapeutas e ia adaptando-as para melhor se adequarem aos meus pacientes. Sim, pacientes, pois a certa altura eu era um psicoterapeuta: alguém que usa técnicas e estratégias mentais para ajudar os pacientes a mudarem o seu comportamento e aquilo que sentem.

Mas, sem formação em Psicologia, pode intitular-se de psicoterapeuta?

Psicoterapeuta não é necessariamente um psicólogo. Qualquer pessoa que utilize ferramentas ou técnicas para ajudar outras pessoas nos seus problemas mentais é terapeuta da Psique humana. A Psicologia é uma ciência que se dedica ao estudo do comportamento humano, e não propriamente a intervenção nesse comportamento.

No entanto, a Clínica da Mente é uma Clínica de Psicologia. A Clínica da Mente conta com 28 Psicólogos a trabalhar em full time e um departamento médico a acompanhar todos os nossos pacientes. Destes psicólogos, 4 são doutorados e mais 4 vão iniciar brevemente o doutoramento em áreas relacionadas com a Psicoterapia HBM. O único psicoterapeuta que não é psicólogo sou eu próprio.

Quer ver a sua pergunta também respondida? Envie-nos as suas questões para pergunta@clinicadamente.com

Comentários