Quando é que o Stress se torna tóxico? | RTP

Todos nós ouvimos falar de Stress mas importa consciencializar para as consequências preocupantes que nos pode provocar.

Tal como na Ansiedade, também existe o Stress bom… Aquele que nos faz arriscar, produzir, evoluir. Por outro lado, o Stress mau é aquele que sendo repetitivo e prolongado nos desgasta, nos esgota.

Muitas vezes o Stress está associado ao trabalho o que pode levar ao diagnóstico de esgotamento, mais conhecido como Burnout. Esta é uma perturbação já considerada pela OMS (Organização Mundial da Saúde) e vai entrar em vigor a partir de 2022.

O esgotamento, tal como o nome indica, significa que esgotamos os nossos recursos para lidar os “agentes stressores” que nos atacam todos os dias.

Como combater o "inimigo invisível" chamado Stress?

Uma das principais estratégias para combater esta situação consiste em protegermos-nos e para isso é preciso saber dizer não e trabalhar a assertividade para com quem nos exige para além daquilo que é humanamente possível de aguentar.

Na eventualidade de ser uma situação que esteja acima de nós resolvermos, como é o exemplo desta pandemia em que todos os dias lidamos com entraves e Stress, mas não é um problema que se resolva rapidamente. Desta forma, por vezes o ideal é aceitar que é esta a nossa realidade e vivermos de uma forma exequível, produtiva e o mais confortável possível dentro das adversidades que nos surgem diariamente. Priorizar, delegar e ser-se assertivo são então exemplos de boas estratégias para reduzir a carga do Stress.

Contudo, se sentir que sozinho(a) não está a conseguir gerir todas as emoções adjacentes ao Stress,  procure ajuda profissional.

Em Dia de Consciencialização do Stress, a Dra. Catarina Graça esteve no ‘Bom Dia Portugal’ a falar sobre o tema e quais os principais sinais de que algo não está bem. 

Bom Dia Portugal | RTP1

Comentários