"Dentro de 21 dias, todos os direitos, liberdades e coisas que tens como certas vão mudar drasticamente."

Dra. Joana Mendes

Desabafos de uma psicoterapeuta em Quarentena | Dia 9

Carta para mim há 21 dias atrás...

Olá Joana, bom dia. Como é que estás?

Vá, verdadeiramente, já sei a resposta.

Estás chateada… Estacionaste o carro longe da Clínica, está a chover e como te esqueceste do guarda-chuva molhaste-te toda. Conclusão, são 9h da manhã mas estás com disposição de final de um dia cheio de trabalho.

Que inocente que és!

Sabes, li em qualquer lado que ignorância é Felicidade, não podia discordar mais.

Então aqui vai: Dentro de 21 dias, todos os direitos, liberdades básicas e coisas que tens como certas vão mudar drasticamente! Não estou a falar de uma Guerra Mundial, quer dizer até estou… Bem, calma…. Eu explico.

Todos os países do mundo vão entrar em guerra contra um inimigo comum. Não, não vamos erradicar a fome, não, também não vamos eliminar o uso do plástico ou mesmo eliminar a dívida dos países subdesenvolvidos. O nosso inimigo comum é menos palpável e invisível, é um vírus que afecta o sistema respiratório cujos sintomas são iguais a uma “simples” gripe sazonal. Joana, ouve-me com atenção, não te deixes enganar por isto. Não menosprezes este vírus.

Já sei o que vais dizer…. Confias no Sistema Nacional de Saúde, nos bons profissionais que temos e que Portugal vai passar ao lado de tudo isto (afinal de contas estamos aqui resguardamos numa ponta da Europa).

Joana, existem  mais de 530 mil infectados a nível mundial. Itália reportou hoje, 27 de Março, que mais de 8 mil pessoas morreram.Os nossos vizinhos espanhóis contam mais de 4 mil mortes.

Já tenho a tua atenção???

Tudo vai mudar muito rapidamente, vais sentir-te confusa e atordoada ao mesmo tempo. Vais sentir incerteza em relação ao futuro, ao emprego, medo pelo teus pais e avós e vais monitorizar todos os sítios onde pões as mãos quando saíres de casa. Sim, tudo isto vai acontecer, acredita.

E sabes o que te venho dizer? Sabes qual é a mensagem mais importante desta carta?

Tudo isto vai passar.

Tudo vai mudar, Joana, é verdade. Mas vai ficar tudo bem.

Repete comigo: Tudo vai ficar bem. Isso. Boa!

E saber porquê?

Todos os países, todas as pessoas estão juntas. Estamos todos na mesma situação, a pensar as mesmas coisas, a lidar com os mesmos problemas e a sentir as mesmas incertezas e dúvidas. Todas as pessoas estão juntas a dar o seu melhor com um único objetivo em mente: erradicar o vírus.

E como se faz isso, perguntas? Nem vais acreditar em como é fácil: Ficar em casa. Ficaste sem palavras não foi? Sabes, este vírus transmite-se de pessoa para pessoa quando tossimos ou espirramos, por isso ao ficarmos isolados das pessoas diminuímos a propagação do vírus.

É isto: Fica em Casa. Tão simples.

Ah,… e segue os conselhos da Direcção Geral de Saúde!

Isso. Já disse tudo o que te queria dizer.

Vá,… Agora repete mais uma vez comigo… só mais uma vez:

Tudo vai ficar bem!

Assinado,

Joana de 27 de Março de 2020

Comentários