Depressão

A Depressão é uma doença psicológica grave, que perdura por vários anos se não for tratada.

Estima-se que em Portugal mais de 11% da população tome antidepressivos, o que quer dizer que mais de 1 milhão de pessoas sofrem todos os anos com a esta doença.

 

O que é Depressão?

A Depressão é uma doença psicológica, não é uma doença física.

A palavra Depressão deriva do latim deprimere, este verbo significa “prensar, esmagar, afundar”. A palavra Depressão define o estado que muitas vezes sentimos, quando o nosso corpo se esmaga e se aperta em si próprio. É um estado provocado pela angústia que sentimos, quando pensamos e estamos em situações na vida que nos perturbam e entristecem.

A Depressão é, por isso, um estado introspetivo em que sentimos o corpo a afundar-se numa angústia forte e limitadora do nosso bem-estar e não uma doença do nosso cérebro. 

Utilizamos a expressão “Doença Psicológica”, para descrever este estado emocional que nos retira a saúde mental, que tanto precisamos para nos sentirmos bem e em harmonia com o nosso corpo.

A tristeza é normal, todos nós nos sentimos tristes em algum momento, mas quando não conseguimos gerir as nossas emoções, estas podem afetar toda a nossa paz interior, retirando-nos a energia que precisamos para viver uma vida feliz.

 

O flagelo do Suicídio

Nos casos extremos de tristeza e depressão, algumas pessoas entram em espirais de angústia tão grandes, que ao não encontrarem uma forma de alívio para as pressões da sua mente, a morte pode parecer ser a única saída.

Infelizmente, em Portugal, por ano, mais de 1000 pessoas cometem suicídio e muitas mais milhares tentam ou permanecem constantemente com esses pensamentos.

 

Sinais e Sintomas de que pode estar em Depressão

  • Tristeza constante. Tem pensamentos que o transportam para um estado de tristeza que não controla.  A Angústia sentida sufoca, e cria um estado de bloqueio e apatia, onde se chora facilmente.

  • Ideação suicida. Deseja morrer porque não consegue alívio para a sua angústia e a morte parece ser a única solução.

  • Sentimentos de desamparo e desesperança.  Sente que nada vai melhorar e que não há nada que possa fazer para melhorar sua situação.

  • Perda de interesse em atividades diárias.  Deixou de se interessar por passatempos, atividades sociais ou sexo. Sente que perdeu capacidade de sentir alegria e prazer.

  • Apetite ou mudanças de peso.  Perdeu ou ganhou peso de forma significativa. Mudanças de mais de 5% do peso corporal em um mês, é preocupante.

  • Alterações de sono.  Sente que dorme excessivamente, que tem dificuldade em adormecer ou que acorada muito cedo.

  • Raiva ou irritabilidade.  Sente-se agitado, inquieto ou até mesmo violento. O seu nível de tolerância é baixo e irrita-se com facilidade.

  • Perda de energia.  Sente-se fatigado, lento e fisicamente esgotado. Sente todo o corpo pesado e até mesmo pequenas tarefas o podem esgotar,

  • Auto-aversão.  Critica-se constantemente, desenvolvendo fortes sentimentos de inutilidade ou culpa.

  • Comportamentos autodestrutivos.  Como um escape à dor sentida, adota comportamento abusivos como consumo de substâncias psicoativas, o consumo de álcool, o jogo compulsivo ou mesmo a automutilação.

  • Problemas de concentração.  Tem problemas de concentração, em tomar decisões e tem lapsos de memória frequentes.

  • Desconforto e dores inexplicáveis.  Sente um aumento de queixas físicas, como dores de cabeça, dores nas costas, dores musculares e dor de estômago.

 

Causas da Depressão

São as más experiências do passado que nos trazem angústias e tristezas.  Sentimos a angústia sempre que nos deparamos com experiências que nos quebram o estado de motivação, como ofensas, incompreensões, violências, entre tantas circunstâncias que nos retiram a paz interior, a alegria e a motivação para continuarmos o nosso caminho. Muitas vezes, sofremos com experiências que colidem com os nossos sonhos, com as nossas ambições, que prejudicam a nossa autoestima e confiança nas nossas capacidades.

Experiências como traumas, violência infantil, bullying, divórcios, relacionamentos difíceis, podem ser vividos com uma intensidade tal que se torna difícil ultrapassar a dor que elas trazem.

As emoções como o medo, a mágoa e a tristeza, se não forem geridas e ultrapassadas, com o passar do tempo, destroem a nossa qualidade de vida, limitando-nos na nossa liberdade de seremos felizes e assim, entramos num estado de depressão.

 

Tratamento da Depressão

O tratamento mais usado é ainda o farmacológico, com recurso a medicamentos que atuam nos sintomas da Depressão. No entanto, para a maioria das pessoas a medicação não dá resultado ou os efeitos secundários são muito negativos. Para outras pessoas, tomar medicação para alterar os seus pensamentos e emoções não faz sentido.

Assim deve-se trabalhar sempre nas causas da Depressão, sendo a Psicoterapia o caminho para a maioria das pessoas que sofrem.

 

O que é a Psicoterapia HBM?

A Psicoterapia HBM é um método de tratamento muito rápido e seguro, aplicado por psicoterapeutas, sem recurso a medicação, que trabalha nas causas dos nossos problemas psicológicos.

Na psicoterapia HBM as pessoas podem falar sobre o que as incomoda e encontrar com o profissional que as acompanha as melhores estratégias para a saírem do estado depressivo. 

A Psicoterapia HBM utiliza as técnicas de Morfese e Athenese baseadas na Hipnose Clínica e na Programação Neurolinguística, para uma intervenção mental mais rápida e assertiva.

Com recurso às técnicas de Psicoterapia HBM, encontram-se as causas e origens dos problemas emocionais que condicionam as pessoas no seu dia-a-dia, prejudicando a sua felicidade e bem-estar, promovendo-se as mudanças necessárias a uma verdadeira recuperação. 

A Psicoterapia HBM funciona como um GPS que percorre o Mapa da Mente e ajuda o Psicoterapeuta a descobrir a origem emocional do problema que provoca a perturbação, conduzindo e acompanhando o paciente num caminho que o vai ajudar a vencer e ultrapassar as dificuldades que condicionam todo o seu estado mental.

 

Como a Psicoterapia HBM pode ajudar na Depressão?

Através de um processo de tratamento cuidadosamente estruturado, a pessoa consegue entender as suas emoções e pensamentos que a tornam deprimida e triste, e acima de tudo, ultrapassar o que a perturba ficando feliz, numa sensação de liberdade e de bem-estar.

Como se demonstra em estudos publicados, cerca de 80% das pessoas saem da Depressão Profunda com apenas 8 a 10 sessões de tratamento. A Psicoterapia HBM tem demonstrado ser o tratamento mais eficaz no tratamento da depressão desde nos seus estados mais leves até ás depressões mais profundas.

O grande objetivo da psicoterapia é reencontrar o equilíbrio emocional e para isso este método de tratamento ajuda o paciente a:

 Compreender os comportamentos, emoções e ideias que contribuem para o seu estado depressivo

Conseguir fazer a gestão emocional das questões do passado que ainda hoje podem condicionar o seu dia-a-dia, tais como violência na infância, conflitos com os pais e família, mortes na família, problemas conjugais ou mesmo traumas.

Encontrar mecanismos para a ajudar a adaptar-se a novos desafios;

Melhorar as capacidades de comunicação e a qualidade das suas relações interpessoais sentindo-se mais assertivo e empático

Retomar o controlo da sua própria vida e da sua paz interior.

 

Resultados

Na Psicoterapia HBM medimos os resultados que temos com cada cliente

Como se demonstra no estudo publicado, cerca de 80% das pessoas saem do estado de depressão profunda com apenas 8 a 10 sessões de tratamento. A Psicoterapia HBM tem demonstrado ser o tratamento mais eficaz no tratamento da depressão, desde nos seus estados mais leves, até ás depressões mais profundas.

Identifica-se com alguns destes sintomas?

Faça o teste e descubra se sofre de depressão.

Identifica-se com alguns destes sintomas de depressão?

Artigos recomendados

Perturbações

Saiba o que evitar dizer e como pode ajudar alguém que sofre com Depressão.

Testemunhos

Emília Ramos conta como a sua vida era difícil e como a viu tão melhorada após o tratamento com o Modelo Psicoterapêutico HBM da Clínica da Mente.

TV & Imprensa

A CMTV veio conhecer com maior detalhe o estudo científico sobre o impacto da HBM na Depressão.