A Depressão é um estado emocional que nos retira a vontade de viver."

Depressão é uma perturbação na qual são experienciadas emoções de Angústia, Tristeza, Frustração, Desânimo, Desmotivação, resultantes de experiências traumáticas vividas no passado, das quais ainda não nos conseguimos libertar. Muitas vezes, vivemos experiências que colidem com os nossos valores, com as nossas crenças, com os nossos objetivos, criando conflitos emocionais.

Estas emoções de tristeza, de mágoa e de revolta perturbam e deprimem-nos. Por vezes, estas emoções são muito fortes e, por isso, não nos conseguimos libertar emocionalmente delas. Vivemos, assim, muito tempo com este peso, com estas sensações e sentimentos, dia após dia, acumulando emoções negativas, o que nos leva a um estado de absoluta incapacidade para lidar com este estado emocional negativo. Quando chegamos a este estado emocional, ficamos sem recursos mentais, sem energia para estabelecermos os nossos objetivos, para vivermos de uma forma feliz.

Causas da Depressão

A Depressão e a Ansiedade são, de facto, estados perturbadores e não desequilíbrios químicos.

As pessoas que sofrem de Depressão ou outra forma de perturbação emocional são pessoas que vivem estados emocionais tão fortes dos quais não se conseguem dissociar facilmente. A causa desta condição é a força emocional das experiências que viveram no seu passado.

Experiências como traumas, violência infantil, Bullying, divórcios, maus tratos diversos, podem ser vividos com uma intensidade tal que se torna difícil ultrapassar a dor que elas trazem. Estas emoções que não ultrapassamos, como o medo, a mágoa, a tristeza, ao longo do tempo destroem a sua qualidade de vida, limitando-nos na sua liberdade de sermos felizes.

As pessoas que não conseguem ultrapassar as dificuldades do passado não são as mais fracas, mas sim as que mais sentiram a dor ou o medo dessas experiências.

A medicina psiquiátrica distingue a Depressão pelas diversas manifestações, sintomas e consequências, intervindo apenas de forma farmacológica nos sintomas, não resolvendo as causas da Depressão.

É comum referir-se que a Depressão é consequência de um desequilíbrio químico do cérebro, mas nós sabemos que este desequilíbrio verificado no cérebro é uma consequência do estado depressivo.

Os principais sintomas dos estados depressivos são:

  • Angústia e Tristeza
  • Fadiga, Cansaço e Perda de Energia
  • Sentimentos de Inutilidade, de Falta de Confiança e de Auto-estima
  • Sentimentos de Culpa e Sentimento de Incapacidade
  • Falta ou Excesso de Apetite
  • Perturbação do Sono
  • Falta ou Alterações na Concentração
  • Preocupações Recorrentes
  • Desinteresse, Apatia e Tristeza
  • Diminuição do Desejo Sexual
  • Irritabilidade
  • Manifestação de Sintomas Físicos, como Dores Musculares, Dores Abdominais, entre outros.

Como se deve tratar a Depressão?

Deve perseguir-se as causas da Depressão e não os sintomas. A Terapia HBM é um método que permite ao psicoterapeuta perseguir as causas das dificuldades de cada um, e que permite a cada pessoa libertar-se dos seus medos e angústias. A Terapia HBM, praticada na Clínica da Mente, funciona como um GPS, onde o terapeuta vai à origem emocional do problema que provoca a perturbação, e conduz o paciente a vencer e ultrapassar esta dificuldade que condiciona todo o seu estado mental. Esta nova abordagem permite-nos compreender que a intervenção eficaz é a alteração na perceção das memórias, nas imagens mentais e nas representações mentais das experiências perturbadoras. Isto faz-se com técnicas de psicoterapia sem uso de medicação nem internamento.

A Clínica da Mente está na vanguarda deste novo conhecimento, e disponibiliza a todas as pessoas soluções terapêuticas eficazes e eficientes.

  • Facebook
  • Google+
  • Twitter
  • YouTube