Como manter a mente sã neste tempo de isolamento social? | RTP1

Muito se fala nos sintomas e precauções a ter com a COVID-19, mas a verdade é que a Saúde Mental fica um pouco esquecida. Ansiedade, Ataques de Pânico, Depressão e Insónias são patologias que poderão iniciar-se ou agravar-se perante este tipo de crises. O medo do desconhecido e da mudança são emoções que nem sempre conseguimos gerir sozinhos.

Impacto da COVID-19 e do isolamento social nas crianças e na sua Saúde Mental

A perceção errada do que está a acontecer pode levar à distorção da realidade e provocar distúrbios emocionais assentes no medo e na Ansiedade.

O que fazer para minimizar o impacto do isolamento social nas crianças?

  • Dar muita atenção às crianças uma vez que elas sofrem “o dobro” e não percebem metade do que está a acontecer;
  • Explicar com linguagem clara o que é o vírus e o seu impacto social;
    Informar que o vírus é uma ameaça séria, mas não é sinónimo de morte;
  • Explicar as razões da quarentena;
  • Manter as crianças ocupadas com atividades familiares, por exemplo criar rotinas que criem expectativas positivas, como jogar cartas no fim das refeições;
  • Manter rotinas fixas e regras claras;
  • Manter o contacto das crianças com a família distante via redes sociais;
  • Manter o contacto com a escola e os estudos via online.

A Quarentena

Quais as principais dificuldades de estar em quarentena?

  • Isolamento social;
  • Separação familiar;
  •  Dificuldade nas relações familiares; 
  • Limitação de movimentos e liberdade.

Quais as oportunidades que a quarentena traz?

  • Parar para refletir sobre a vida e os objetivos que temos por cumprir;
  • Perceber que andávamos a uma velocidade excessiva, sem tempo para nós nem para a família;
  • Fazer o que sempre adiamos, como tirar cursos online, ler, entre outros;
  • Oportunidade para estabelecer melhores laços familiares;
  • Tempo para criar outras rotinas e hábitos.

Quais as tarefas essenciais que deve manter na quarentena?

  •  Exercício físico;
  • Alimentação saudável;
  • Usar as redes sociais para comunicar com o mundo e perguntar aos amigos como têm passado.

Ajuda psicoterapêutica em crise para casos graves

Há um conjunto de iniciativas de vários psicólogos e psicoterapeutas a fazerem consultas online. A eficácia é igual à presencial.

É muito importante que as pessoas que estão nos processos de psicoterapia, não deixem os seus tratamentos a meio.

As pessoas que estão com graves problemas de perturbação mental, devem iniciar os seus processos de psicoterapia, e de facto, neste momento, as únicas alternativas são por via online.

A Clínica da Mente, deixou de trabalhar a partir das clínicas físicas e as consultas são agora feitas via online. Estamos a fazer todos os nossos tratamentos de psicoterapia através do mundo digital!

Criámos também um sistema de Consultas de Intervenção em Crise, onde ajudamos as pessoas que não estão a gerir bem estes momentos e que precisam de uma ajuda e acompanhamento psicológico urgente.

Praça da Alegria | RTP1

Comentários