Ricardo: o menino que só começou a gostar de animais aos 14 anos | Testemunho

pata de cão em cima da mão

O Ricardo sofria de Fobia a animais

Quando iniciei o tratamento, tinha imenso medo de animais. Agora que acabei o tratamento, sinto-me á vontade perto deles e já não tenho medo. Este caminho durou cerca de um ano, que foi um ano muito bom para mim. 

Além das consultas me ajudarem com o medo também me ajudavam com outras coisas, eu sentia-me muito mais tranquilo ao fim de uma consulta, e de modo geral estava sempre mais feliz. 

A terapeuta ajudou-me muito e fez um trabalho fantástico. Vou sentir falta das consultas, pois sentia-me sempre bem quando entrava ou saía de uma.

Ricardo Cunha

foto-cao-ricardo-testemunho

Cão do Ricardo após o tratamento

O meu filho desde pequeno que tinha medo de animais. Eu nunca dei muita atenção, achava que era por ser pequeno e que com o crescimento iria passar. Quando dei por ela, já 11 ou 12 anos e entrava em pânico sempre que algum animal se aproximava dele. Levei-o ao psicólogo, teve várias consultas mas sem sucesso. Com o crescimento ia piorando, já lhe estava a restringir a vida.

 Até que encontrei a Clínica da Mente. Foi á consulta de avaliação e aí a terapeuta disse que com os tratamentos ele devia melhorar. O meu filho começou com o tratamento, ele sentia-se entusiasmado, com vontade de perder o medo. Ao fim de alguns meses de tratamento o meu filho já parece outro, já consegue mexer em animais e estar perto deles, coisa impensável antes.

Graças á Clínica da Mente e á doutora que o acompanhou o meu filho hoje está curado.

Obrigado.

                                                                                                                        Júlia Cunha (mãe do Ricardo)

 

Comentários