Questões Frequentes

1Em que consistem os tratamentos com o Modelo Psicoterapêutico HBM?
A Modelo Psicoterapêutico HBM nasce do conhecimento do Mapa da Mente (HBM). A partir da identificação dos processos de funcionamento da mente humana, é possível compreender o que está na origem das perturbações emocionais, bem como as suas causas. Utilizando ferramentas terapêuticas como a Morfese e a Athenese, é possível alterar os processos mentais que perturbam o ser humano.
2Qual a opinião dos pacientes da Clínica da Mente?
O feedback dos pacientes da Clínica da Mente tem sido muito positivo. Os pacientes chegam a esta clínica com perturbações emocionais que já os afectam, em média, há 10 anos e, portanto, apresentam casos muito graves. A terapia utilizada nesta clínica tem sido eficaz e eficiente. Eficaz porque atinge os objetivos dos pacientes – a saída do estado, deixam de se sentir emocionalmente perturbados. Eficiente porque, em poucas semanas os pacientes voltam a encontrar o seu equilíbrio emocional.
3Quantas sessões são necessárias para fazer o tratamento?
As sessões com o Modelo Psicoterapêutico HBM devem ser realizadas semanalmente até os clientes sentirem que atingiram os seus objetivos. São sessões que podem durar até 2 horas e que consistem na realização de terapias de Morfese e Athenese apropriadas a cada caso. Na maioria dos casos, os resultados terapêuticos são atingidos ao fim de 6 a 10 semanas de tratamento. No entanto, as sessões recomendadas dependem da avaliação inicial de cada caso, efetuada pela equipa clínica. Posteriormente, ocorre uma fase de reforço em que se consolidam os resultados terapêuticos obtidos e se assegura um acompanhamento em caso de recaída.
4O tratamento consiste em resolver uma perturbação emocional ou todas as perturbações manifestadas em cada pessoa?
Quando há desequilíbrio emocional, a pessoa entra em estados depressivos ou ansiosos, que podem derivar para Ataques de Pânico, Obsessões, Fobias, entre outras. Por isso, é frequente o tratamento de diferentes perturbações, em simultâneo. Os tratamentos com o Modelo Psicoterapêutico HBM resolvem os conflitos emocionais apresentados pela pessoa, tentando solucionar, assim, as perturbações emocionais.
5O Modelo Psicoterapêutico HBM é eficaz?
Os resultados obtidos nos últimos 5 anos em que o Modelo Psicoterapêutico HBM foi utilizado pela Clínica da Mente apontam para uma taxa de sucesso acima dos 90% na satisfação das pessoas que foram submetidas a este tratamento.
6Porque é que o Modelo Psicoterapêutico HBM é tão eficaz?
O Modelo Psicoterapêutico HBM representa uma forma diferente e inovadora de entender a mente e um método científico de intervenção no comportamento humano. A visão científica do Mapa da Mente fornece ao psicoterapeuta ferramentas para entender a ligação das experiências vividas com os comportamentos que atualmente perturbam a pessoa. Esta metodologia funciona como um guia da mente humana, através da qual os psicoterapeutas intervêm para criar profundas alterações nos estados negativos em que as pessoas se encontram.
7Em que situações é que o Modelo Psicoterapêutico HBM não é eficaz?
O Modelo Psicoterapêutico HBM apenas tem efeito nos desequilíbrios emocionais. Assim, se um paciente procurar a Clínica da Mente com um problema físico ou neurológico, não encontra solução nesta terapia. Perturbações como a Esquizofrenia, Psicose, Parkinson, Alzheimer, Autismo, entre outras alterações do foro neuropsiquiátrico, não são tratados nesta clínica. No entanto, é do senso comum que a mente regula todo o funcionamento do corpo e que grande parte das doenças físicas que afetam o ser humano são psicossomáticas, ou seja, o desequilíbrio emocional afeta a biologia do nosso corpo. O Modelo Psicoterapêutico HBM tem apresentado resultados positivos na Fibromialgia, bem como noutras patologias físicas. Contudo, ainda não é possível dar garantias do tratamento porque o seu estudo ainda não está suficientemente desenvolvido. Relativamente aos problemas do foro emocional, o insucesso do Modelo Psicoterapêutico HBM prende-se principalmente com as seguintes dificuldades:
- Algumas pessoas com elevadas expectativas acerca dos resultados desta terapia desistiram prematuramente, após 1 ou 2 sessões de tratamento, quando não alcançaram imediatamente os resultados pretendidos. Para que o modelo HBM seja eficaz é necessário cumprir o tratamento prescrito para surtir o efeito desejado. Por vezes, é necessário definir um plano de tratamento mais alargado com vista à obtenção dos resultados desejados;
- Em poucos casos, não foi possível perceber as perturbações das pessoas que procuraram a Clínica da Mente, logo não se conseguiu proceder ao tratamento;
- Por várias razões, 2% das pessoas atendidas nesta clínica não conseguiram realizar as técnicas terapêuticas da Terapia HBM, e mesmo percebendo bem o que as afetava, não foi possível ajudá-las por dificuldade na aplicação das técnicas de Morfese e Athenese.
8Porque é que o Modelo Psicoterapêutico HBM não é mais conhecido?
O Modelo Psicoterapêutico HBM está a ser usado apenas pela Clínica da Mente, com espaços terapêuticos em Lisboa e no Porto. Num período de 2 anos será comprovado o valor e a importância desta terapia, através de um estudo científico e da publicação de livros sobre o tema. O objectivo da Master HBM Research consiste em difundir mundialmente o Modelo Psicoterapêutico HBM, criando para tal uma rede de clínicas, bem como formar psicólogos neste modelo terapêutico.
9Os efeitos dos tratamentos duram quanto tempo?
O Modelo Psicoterapêutico HBM ajuda as pessoas a libertarem-se emocionalmente daquilo que as perturbava e, de acordo com o que tem sido relatado posteriormente pelos pacientes, ficam livres para sempre. No entanto, o sistema emocional do ser humano é dinâmico e depende das experiências que este vive a cada momento. Embora o tratamento HBM permita que os pacientes fiquem livres daquilo que os afetou no passado, a vida continua e estes irão viver inúmeras experiências que os poderão, ou não, afetar negativamente.
10Os tratamentos são efetuados apenas por um terapeuta?
Normalmente a terapia é efetuada, na sua totalidade, apenas por um Psicoterapeuta sénior. Contudo, se necessário, os tratamentos podem ser realizados por vários Psicoterapeutas. Se este for o caso, o Psicoterapeuta Sénior, na consulta de avaliação, realiza o diagnóstico e delineia o plano de tratamento a seguir. Posteriormente, as sessões de tratamento são realizadas por um Psicoterapeuta especialista na técnica terapêutica a utilizar.
11Em que consistem as sessões de Morfese?
É através dos sonhos que o ser humano se consegue dissociar de emoções que o afetam negativamente. Assim, as sessões de Morfese têm por objectivo, através da indução de um sonho, onde é possível a pessoa entrar num transe muito profundo sem perda de consciência, libertar o paciente das emoções que o perturbam. Numa primeira parte há um relaxamento profundo e, posteriormente, a entrada num estado introspectivo propício ao sonho, onde o paciente se pode libertar do estado emocional que o condiciona.
12O Modelo Psicoterapêutico HBM apresenta efeitos secundários?
O Modelo Psicoterapêutico HBM é isento de efeitos secundários.
13A Morfese é uma técnica baseada na hipnose?
Sim. A Morfese, desenvolvida por Pedro Brás, é uma variação de algumas técnicas de hipnoterapia. A principal diferença entre a Morfese e as técnicas das quais deriva é a simplicidade apresentada, permitindo que mais de 95% das pessoas obtenham resultados satisfatórios com esta técnica.
14O que é a Hipnose?
A hipnose é um estado alterado de consciência na qual a atenção da pessoa fica focada apenas num ponto, como por exemplo na sua imaginação, seguindo a voz do psicoterapeuta. Este fenómeno ajuda as pessoas a alcançarem um estado de introspecção. Ao longo do tempo, foram surgindo diferentes abordagens da hipnose aplicadas à área clínica, denominadas hipnoterapia. Porém, os resultados positivos obtidos por estas abordagens são aleatórios, visto que o hipnoterapeuta tem pouco controlo sobre a experiência que o paciente está a viver. Contrariamente, dado que no HBM os processos mentais que perturbam as pessoas estão bem identificados, é possível através da utilização da Morfese reverter esses mesmos processos de forma positiva e assertiva.
15As sessões são dispendiosas?
Se compararmos as nossas sessões terapêuticas, com a duração média de 2h, com as consultas de outras abordagens terapêuticas, percebemos que os resultados eficientes justificam o investimento. Dispendioso seria fazer o investimento e não obter os resultados esperados num período de tempo aceitável. As sessões de Terapia HBM têm um efeito rápido e eficaz. Assim, consideramos que o equilíbrio emocional e bem-estar que a terapia proporciona se sobrepõe a valor investido. Já não se justifica sofrer anos sem fim, num sofrimento que ninguém compreende, vivendo na esperança de um dia ser feliz.
16Qual é a política da Clínica da Mente em relação aos psicofármacos?
O tratamento na Clínica da Mente coexiste com a medicação já prescrita ao paciente, ou seja, a maioria das pessoas que procuram a terapia HBM estão medicadas, sendo que uma boa parte delas, no decurso ou após o tratamento, deixam, gradualmente, a medicação. Aconselhamos sempre a supervisão médica no desmame da medicação.
17Quem pode ser terapeuta com o Modelo Psicoterapêutico HBM?
É requisito essencial a formação superior em Psicologia. Os Psicólogos deverão frequentar com sucesso a formação de Terapia HBM, dada pela Master HBM Research, demonstrando os conhecimentos e técnicas aprendidas num estágio de 9 meses.