"Já paraste para pensar que muitos trabalhadores dariam tudo para estar na tua situação?"

Desabafos de uma psicoterapeuta em Quarentena | Dia 5

Lembras-te de todos os momentos em que pensavas que precisavas de tempo para fazer psicoterapia? … Este é o Teu tempo!

Primeira semana de quarentena feita! Não sei quantas mais vão ser necessárias. Na realidade, ninguém sabe. Por muitos prognósticos que possamos fazer, todos nós sabemos que, até agora, quem “manda” nisto tudo é o novo coronavírus. 

Devemos assim continuar com o que nos foi pedido, ficar em casa. Bem sei que estar em casa é desafiante. Estamos longe dos nossos familiares e amigos, temos de organizar o tempo, planear atividades para as crianças, sim… Tudo isto requer um esforço redobrado por parte de todos. Estar em casa pode ser aborrecido e quando mais pensares no quão aborrecido é estar em casa, sabes que mais? Mais aborrecido vais estar …

Já alguma vez paraste para pensar que muitos profissionais de saúde e outros trabalhadores dariam tudo para estar na tua situação? Aborrecido, em casa, cheio de tempo. A internet tem milhentas sugestões de atividades que podes fazer em casa, sozinho e/ou com os filhos, o que não falta é informação. Mas sim, continuas na mesma aborrecido, ansioso e irritado, porque está sol lá fora e porque, já que devemos manter as rotinas, ponderas muito fazer aquela caminhada na marginal, porque afinal, tu estás bem e… está sol. A única coisa que te é pedido para fazer é ficares em casa, no teu conforto, ver Netflix ou TV, cozinhar, ficares de pijama o dia todo se te apetecer, estares nas redes sociais… E mesmo assim, tu e outros conseguem falhar nesta missão de travar a propagação de um vírus que está a afetar todos os países do mundo.

Pois é, tens tempo e não te sentes bem com isso, ficas ansioso(a), mas porquê? Porque é que te incomoda assim tanto estares com tempo para ti? Pensa, analisa e sente. Lembra-te de todos os momentos em que pensaste em querer ter tempo para fazer determinadas coisas, meditar, ser mais saudável ou até iniciar um acompanhamento psicoterapêutico para te conhecer melhor e conseguires estares bem contigo mesmo, até em casa de quarentena. Porque no fundo e sabes disso, o problema não é estares em casa, mas sim, não conseguires estar bem contigo.

Pensa nisso… 

Até já
Cécile

Comentários

CLOSE
CLOSE