Esclarecimento: Reportagem da TVI sobre a Clínica da Mente

Na sequência de uma reportagem emitida recentemente pela TVI, em que a Clínica da Mente surge como alvo de um processo colocado pela Ordem dos Psicólogos Portugueses (OPP), sentimo-nos na obrigação – após toda a ponderação – de colocar neste nosso site um esclarecimento público para que não restem dúvidas junto dos nossos clientes e parceiros, comprovando que não existe nenhuma queixa-crime contra a Clínica. Alegadamente, a OPP apresentou uma queixa-crime contra o Diretor Geral da Clínica da Mente, Pedro Brás, por usurpação de funções. Até à data, o Dr. Pedro Brás não recebeu qualquer notificação.

Posição da Clínica da Mente perante a queixa-crime colocada pela Ordem dos Psicólogos Portugueses

Na perceção de qualquer espetador bem informado, o que fica bem patente no trabalho da TVI após o seu visionamento é uma tentativa despudorada da Ordem dos Psicólogos Portugueses de prejudicar a Clínica da Mente e os mais de 70 psicólogos, psicoterapeutas e profissionais que todos os dias, desde há 14 anos, se dedicam a ajudar as pessoas a ultrapassarem os seus problemas mentais.

E porquê esta atitude da OPP em relação à Clínica da Mente? No essencial, não a conseguimos entender, porque a Ordem não tem qualquer jurisdição sobre a psicoterapia ou os métodos psicoterapêuticos (tal como decorre da própria Lei e o próprio Bastonário o afirmou em sede parlamentar, numa audição realizada em 2017).

Assim, não só a posição da Ordem não tem nenhum fundamento legal, como se baseia em argumentos falaciosos cuja validade pública é percebida apenas e só porque são emitidos por uma Ordem, a quem deve pedir-se maior rigor e melhores práticas deontológicas.

Ou seja, é um facto que a Ordem aceita que a formação de psicoterapeutas pode ser feita por uma sociedade que nada tenha a ver com a Ordem ou com os psicólogos e as suas organizações. Como tal, a mesma não tem qualquer interferência sobre a psicoterapia tanto na sua formação como nos procedimentos a que os psicoterapeutas recorrem nas suas consultas, mesmo os psicólogos psicoterapeutas.

O que acontece, isso sim, é que a OPP é livre de escolher as sociedades e modelos com as quais estabeleça protocolos. Mas essa mesma escolha não certifica ou valida cientificamente esses modelos.  

Queixa no DIAP contra Pedro Brás, diretor da Clínica da Mente, por usurpação de funções

A existir tal queixa no DIAP, temos a considerar que, no mínimo, uma queixa por usurpação de funções é uma denúncia caluniosa, uma vez que, em circunstância alguma, o Dr. Pedro Brás se identificou como psicólogo ou realizou consultas de Psicologia Clínica. O Dr. Pedro Brás é Psicoterapeuta.

A Ordem não tem o poder de decidir quem pode e quem não pode exercer psicoterapia ou a atividade de psicoterapia. E, por isso, os argumentos alegados pela Ordem, que levaram à realização do trabalho jornalístico pela TVI, são infundados como, aliás, o Dr. Pedro Brás teve oportunidade de explicar à jornalista em causa.

A Ordem dos Psicólogos Portugueses não regula a prática de Psicoterapia

Vale a pena sublinhar que a Federação Portuguesa de Psicoterapia (FEPPSI), lançou recentemente uma recolha de assinaturas para submeter ao Parlamento uma petição para que a atividade de Psicoterapeuta seja profissionalizada, e independente de qualquer Ordem Profissional.

Parecer da Ordem dos Psicólogos Portugueses sobre o Modelo Psicoterapêutico HBM

Infelizmente a perseguição da Ordem dos Psicólogos Portugueses à Clínica da Mente não é de agora. Já em 2018 foi desferido um ataque através de um parecer negativo sobre o Modelo Psicoterapêutico HBM. Um facto curioso é que a Psicoterapia HBM tem por base a aplicação de técnicas de Hipnose Clínica a qual aliás, e segundo a própria Ordem, é uma ferramenta válida para a prática clínica.

E para se perceber, de facto, a atitude da Ordem em relação à Clínica da Mente, basta dizer que, desde 2018, quando foi emitido o referido parecer, temos solicitado audiências ao Bastonário para partilha da nossa posição sustentada em dados e factos, mas, infelizmente, sem qualquer resposta até à data.

Assim, a Clínica da Mente e a sua equipa de psicólogos, psicoterapeutas e demais profissionais vai prosseguir o seu caminho e continuar a fazer aquilo que faz desde há 14 anos. Ajudar as pessoas a resolverem os seus problemas emocionais, para bem de uma melhor saúde mental dos cidadãos.

Obrigado pela confiança. Qualquer dúvida sobre o assunto acima expresso poderá ser colocada através de email para os contactos incluídos neste site.

Comentários