11 formas de mostrar o seu amor a alguém com Depressão

A Depressão não é uma escolha. Infelizmente, é a responsável pela criação de paredes entre as pessoas, a maioria das vezes, entre aqueles que mais se amam.

Não se limite a oferecer flores e chocolates, lembre-se da célebre frase d’O Principezinho, “Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos”. E não é que é mesmo? O indispensável é mostrar que ama aquela pessoa. Aqui encontra 11 formas de o fazer

namorados com o braço dado

 

1. Esteja lá quando a pessoa precisa

Um dos maiores medos de alguém que vive com Depressão é, precisamente, ficar sozinho. É importante que, se promete que estará lá nos piores momentos, efetivamente esteja. Isto pode passar por receber chamadas a horas em que preferiria estar a dormir, ouvir a pessoa a pessoa a chorar e consolá-la sem perceber muito bem porque está triste ou, simplesmente, sentar-se ao seu lado e mostrar que está lá para tudo.

2. Dê-lhe tempo quando necessário

Há dias em que o seu ou sua companheira sentirá que quer estar sozinha. Não tem energia para falar, não tem energia para ouvir. São momentos em que precisa de privacidade acima de tudo. Respeite. Se tem a certeza de que não está a ser afastado para que a pessoa possa fazer mal a si própria, dê-lhe espaço.

3. Incentive a fazer coisas diferentes

Planeie algo divertido: um piquenique ou um passeio à beira-mar.
Pode não lhe apetecer muito, mas é importante que procure fazer coisas que a façam sentir-se melhor. O contacto com a natureza é sempre saudável e uma boa aposta. Contudo, não a force a fazer o que não quer e compreenda que até as mais pequenas coisas se podem tornar em enormes desafios para quem sofre de Depressão.

4. Peça-lhe ajuda para entender o que ele ou ela está a sentir

Mostre que se importa, mostre que quer entender. Se a pessoa conseguir explicar o que está a sentir, será mais fácil para si ajudar. A partilha destes momentos pode ser uma forma de combater a solidão, de se sentir menos sozinho nesta caminhada. Mas não insista, nem sempre é possível explicar.

5. Oiça atentamente

Por vezes é preciso ouvir e apenas ouvir. Alguém que vive com Depressão é alguém que tem consciência de que os seus medos e angústias são irracionais, mas não os consegue evitar. Dizer-lhe isso não vai ajudar a pessoa a sentir-se melhor, vai fazê-la sentir-se julgada e pior com a situação. Por vezes, tudo o que ela precisa é de ventilar.

6. Tome conta da pessoa

A Depressão pode tornar as mais rotineiras tarefas absolutamente esgotantes. O que acontece é que deixa de haver energia e, até mesmo, vontade para tomar conta de si próprio. Faça pequenas coisas. Prepare-lhe uma refeição equilibrada, ou tome conta de determinadas tarefas enquanto o seu companheiro ou companheira relaxa.

7. Não culpe

Compreenda que a pessoa que ama não está feliz, não porque não quer, mas apenas porque não consegue. A verdade é que é muito difícil ser-se feliz quando tudo o que sente é Angústia, o tempo todo.

8. Não se culpe

Mas a culpa também não é sua. Não é porque não faz o suficiente.

9. Abrace

Todos estamos familiarizados com os poderes terapêuticos de um abraço. Libertam hormonas que nos relaxam, o que é perfeito para alguém que sofra de Depressão. Abrace muito e com força porque estará a ajudar a pessoa que ama.

10. Relembre a pessoa do quanto a ama

Relembre sempre que possível. Quando não nos amamos a nós próprios é muito complicado compreender porque é que alguém o fará. Lembre o seu companheiro ou companheira de todos os momentos felizes que passaram juntos.

11. Ajude a pessoa a ser ajudada

Perceba que o seu apoio é extremamente importante, mas não é suficiente. Incentive o seu companheiro ou companheira a encontrar ajuda especializada e a terapia certa. É importante, numa primeira fase, ajudar a pessoa a perceber que tem um problema, mas que este pode ser resolvido com ajuda profissional e, posteriormente, acompanhá-la ao longo da sua recuperação, lembrando que há momentos menos fáceis, mas que dias bem melhores virão para ficar.

Comentários