Ajuda na Depressão

A Depressão é uma perturbação cada vez mais frequente e conhecida por ser um estado muito limitador por parte de quem a sente. Existe uma multiplicidade de informação direcionada para a pessoa em sofrimento. Porém, é também fundamental dar ênfase ao outro lado desta perturbação, o lado daqueles que convivem com pessoas com Depressão: pessoas que lidam diariamente e/ou frequentemente com a pessoa depressiva, e que, por vezes, se sentem impotentes e frustrados por não saber como lidar com a pessoa em sofrimento.

Seguem algumas sugestões de como cuidar e/ou ajudar as pessoas em Depressão:

  1. Informe-se acerca desta perturbação – É de extrema importância conhecer e obter toda a informação necessária para a compreensão da pessoa depressiva. Este entendimento é crucial e deve ser feito antes de tentar qualquer tipo de ajuda. Se souber reconhecer os sintomas, poderá ser mais assertivo na sua ajuda. A Depressão é algo sério.
  2. Seja compreensivo e paciente – Nunca subestimar o caráter limitador da Depressão. Frequentemente, a irritabilidade e o nervosismo são consequências da perturbação. Seja paciente. Dê um apoio incondicional à pessoa em sofrimento. Por exemplo, diga-lhe o quanto ela é importante para si.
  3. Recomendar ajuda – Apesar de gostar muito da pessoa de quem está a cuidar, tenha consciência que poderá não conseguir resolver os problemas dos outros. O tratamento da Depressão é pessoal e depende exclusivamente da pessoa que está em sofrimento. Poderá ajudá-la a encontrar a intervenção mais adequada, porém tenha em conta as suas limitações. Recomende um profissional que lhe inspire confiança.
  4. Acompanhar – Durante qualquer tipo de intervenção é importante acompanhar a pessoa em Depressão, perceber como é que ela está a reagir, qual o progresso observado, estar presente para ela, ouvindo-a, mantendo assim algum contacto. Tenha cuidado em não ser demasiado “abafador”. O objetivo do acompanhamento é o de encorajar a pessoa a sair do estado em que se encontra. Planeie algumas atividades de que ela gosta, ajude-a a acreditar que ela vai conseguir ultrapassar este estado, dando-lhe força e motivação.

Enquanto cuidador de uma pessoa com Depressão, o seu principal objetivo é o de se mostrar disponível para prestar a sua ajuda, mostrando-lhe o quanto é importante para si. Porém, por vezes torna-se difícil encontrar as melhores palavras. Seguem umas sugestões de frases que poderá dizer a uma pessoa depressiva para lhe demonstrar o seu apoio:

  • “Gosto de ti, pouco importa o que dizes ou fazes.”
  • “Vais conseguir ultrapassar esta fase, existem pessoas / intervenções que te vão ajudar.”
  • “Não vais ficar assim para sempre. Todos os problemas têm solução. Temos de encontrar a solução que se adequa à tua dificuldade.”

Assim que a pessoa em sofrimento reconheça precisar de ajuda, o seu papel, enquanto cuidador, é de o de encorajar para a intervenção e resolução do problema. Não é um processo fácil, e custa ver quem mais amamos sofrer tanto.

A Clínica da Mente intervém na origem da Depressão, ajudando as pessoas com esta perturbação a dissociarem-se de emoções negativas que estão a prejudicar o seu bem-estar.

Texto de Cécile Domingues, Diretora da Clínica da Mente

Comentários