COMO É ESTAR COM DEPRESSÃO?

A Depressão é estar triste ao ponto de não sentirmos vontade de fazer as coisas que antes nos deixavam felizes.

Angústia, Tristeza, Frustração, Desânimo, Desmotivação são emoções características de quem está deprimido. Dentro de nós, existe um combate de forças opostas: queremos alimentar a força e a energia para voltar a ficar bem, mas sentimos que as emoções de Tristeza, Mágoa e Revolta nos puxam para a Depressão. Por vezes, estas emoções negativas são muito mais fortes do que nós e sentimo-nos incapazes de nos libertar delas, de lutar contra elas. Passamos a viver os dias com o peso destas sensações e sentimentos. A cada dia que passa, acumulamos mais emoções negativas por não conseguirmos escapar e viver as experiências de outra forma. Quando alguém chega a este estado emocional negativo, fica com pouca energia para saber o que fazer a seguir, para voltar a viver de uma forma feliz.

Uma pessoa que está num estado depressivo, ou seja, triste ou deprimida, costuma sentir estes sintomas:

criança deprimida

  • está triste e quer estar sozinha;
  • não tem vontade para fazer nada;
  • sente que não é capaz, não se sente confiante e não gosta de si própria;
  • sente-se culpada;
  • sente-se sem apetite ou sente-se com apetite a mais;
  • não consegue dormir bem;
  • não consegue concentrar-se;
  • está sempre preocupada;
  • irrita-se com tudo e com todos;
  • tem dores no corpo;
  • tem vontade de chorar.

PORQUE É QUE ALGUÉM FICA COM DEPRESSÃO?

menina com expressão triste quase a chorar com auscultadores

As pessoas ficam deprimidas porque viveram ou ainda vivem experiências difíceis que afetam o seu bem estar e que ainda as magoam profundamente.

Experiências de dor muito forte, como o divórcio dos pais, as más notas na escola, problemas com a família, problemas com os amigos, problemas com o corpo, entre outras, podem ser muito difíceis de ultrapassar pela dor e pelo Medo que elas nos fazem sentir. Estas emoções que não ultrapassamos, como o Medo, a Mágoa, a Tristeza, ao longo do tempo destroem a nossa felicidade, a nossa capacidade de estarmos bem.

As pessoas que não conseguem ultrapassar as dificuldades do passado não são as mais fracas, mas sim as que mais sentiram a Dor ou o Medo dessas experiências. A tua dificuldade é do tamanho da tua Dor e do teu Medo.

ENTÃO, COMO ABORDAR A DEPRESSÃO PARA QUE A PESSOA VOLTE A FICAR BEM?

O jovem é acompanhado por um terapeuta da Clínica da Mente que vai usar uma maneira especial e única de conseguir que o paciente ultrapasse as dificuldades e os problemas por que está a passa. Para isso, vai utilizar o Modelo Psicoterapêutico HBM, que recorre a técnicas de psicoterapia que permitem saber como e porque é que o jovem está neste estado de emoções, ou seja, as causas das suas dificuldades. O terapeuta vai ajudar a que se liberte dos seus Medos e Angústias, daquilo que o faz ficar triste e ter vontade de chorar. O Modelo Psicoterapêutico HBM funciona como um GPS na Mente dos pacientes, o terapeuta vai à emoção que está associada ao problema e a provocar a infelicidade e ajuda-os a vencer e ultrapassar essa dificuldade da qual não conseguem sair sozinhos. Em pouco tempo, a criança ou adolescente vai perceber que as experiências de dor e de Medo que bloqueavam a sua Mente já não representam nada para si, já não mexem consigo. O terapeuta ajuda também a família do paciente júnior a compreender o que se está a passar com ele e a ajudá-lo melhor. O melhor de tudo é que, para voltar a ser feliz, o jovem não precisa de tomar comprimidos ou de ficar internado. O nosso comprimido é SORRYR. SORRYR pode não ser um medicamento mas é o melhor remédio.

 

Os comentários estão fechados.