Todos os tratamentos começam com uma sessão de avaliação, em que o psicoterapeuta faz uma análise do caso clínico, identificando as causas das perturbações mentais e emocionais e define o plano terapêutico apropriado. Nesta sessão, o paciente ficará elucidado sobre os tratamentos que a Clínica da Mente oferece, tirando todas as dúvidas que possa ter, nomeadamente relativamente aos métodos, ao acompanhamento, à duração e às políticas internas da organização. Poderá, desta forma, tomar uma decisão informada e ponderada quanto ao início do tratamento.

imagem de exame ao cérebro e estetoscópio por cima

PLANO DE TRATAMENTO

As sessões de Terapia HBM, com a duração de até 2 horas, são realizadas semanalmente, de acordo com o plano delineado na sessão de avaliação e até os objetivos definidos nessa mesma sessão terem sido alcançados. O número de sessões a realizar depende da avaliação do psicoterapeuta aquando da sessão de diagnóstico, bem como da evolução do próprio paciente.  É frequente que os pacientes atinjam os objetivos terapêuticos a que se propuseram após entre 6 a 8 semanas de tratamento, sendo que pode, naturalmente, ocorrer antes ou depois, dependendo da complexidade de cada perturbação. Segue-se uma fase de reforço que se estende ao longo de um ano, com vista a manter e consolidar os resultados obtidos e assegurar a resolução das perturbações.

As técnicas utilizadas no Modelo Psicoterapêutico HBM – Athenese® e Morfese® – têm como referência o Mapa da Mente. A sua função é trabalhar o sistema emocional do indivíduo para que este se liberte de emoções tais como angústia, medo, tristeza, ansiedade, entre outras, permitindo a alteração do seu estado depressivo ou ansioso

Ao longo de todo o tratamento, cada paciente tem acesso a acompanhamento médico especializado que promoverá o adequado processo de desmame da medicação tomada.