Dra. Joana Oliveira

Psicóloga

Psicoterapeuta Sénior

Licenciatura em Psicologia Clínica

Mestrado em Psicoterapia Psicanalítica

Membro da Sociedade Britânica de Psicologia

Supervisora em Psicoterapia HBM

Supervisora em Athenese e Morfese

Investigadora Master HBM Research

Contacto: joanaoliveira@clinicadamente.com

Quem sou

Desde que me lembro de ser “eu”, sempre gostei de estar rodeada de pessoas, de as observar e de compreender o que está por detrás dos seus comportamentos. À medida que fui crescendo, foi despertando em mim uma paixão pela ajuda aos outros, na tentativa de os fazer mais felizes.

Esta paixão conduziu-me, naturalmente, a um percurso académico na área da Psicologia e, mais tarde, na área da Psicoterapia. Porém, ao entrar no mundo do trabalho compreendi que muitas das vezes, as terapias eram muito longas, sem resultados e as pessoas precisavam de soluções rápidas. Outras vezes, ao não conseguir os resultados desejados, acabavam por recorrer à psiquiatria e para resolver os seus problemas, sentindo-se mal e apáticas, tornavam-se dependentes de uma medicação, que não era por certo a solução para o seu estado emocional.

Aqui na Clínica da Mente todas as pessoas que nos procuram são encaradas como estando num estado diferente do seu estado habitual, mas nunca como doentes. Porque na realidade todos nós temos períodos na nossa vida de maior ansiedade ou de maior tristeza… Isso faz de nós doentes? Não! O que vivemos nesses períodos apenas nos coloca num estado depressivo ou ansioso. E, por vezes, as pessoas não conseguem, sozinhas, sair destes estados incapacitantes e precisam da nossa ajuda.

Há também pessoas que nos procuram dizendo que são tímidas, outras que têm medo de não estarem à altura de outras pessoas, ou que têm medo de se exporem em situações sociais. Estes casos, de timidez ou mesmo de fobia social, condicionam, na maioria das vezes, a vida da pessoa, impedindo-a de criar ou manter relações sociais. Por vezes, em casos mais graves a pessoa fica num estado depressivo bastante limitante afastando-a de qualquer contacto social.

Desde que comecei a trabalhar na Clínica da Mente, com a abordagem HBM, todos os dias ajudo as pessoas a adquirirem as ferramentas (emocionais) necessárias para que consigam atingir a paz interior que tanto anseiam e encontrarem o seu caminho para a felicidade. Todos os dias vejo autênticas transformações acontecerem… Vejo pessoas a libertarem-se da medicação que tomavam há anos e a terem de novo o controlo da vida!

Agora sinto que a minha profissão faz todo o sentido, pois sei que coloco as pessoas de volta no seu caminho, através de um reequilíbrio emocional, ajudando-as a encontrar a sua paz, o seu bem-estar e o seu caminho para a felicidade!